QUE DEUS POSSA SURPREENDER

Não acredito em um linguagem de filme, vídeo, cinema… Ou melhor, não acredito em nenhum tipo de linguagem. Acredito na história e nada mais. Nenhuma história foi construída em cima de uma linguagem, ela simplesmente foi acontecendo, certo? A minha história foi acontecendo, a sua história foi acontecendo e a história desse casal, também foi acontecendo…

Posso dizer que o Anderson é um dos meus melhores amigos e por essas e outras, acompanhei boa parte da vida dele, inclusive a transição da vida dele para fora do banco. Sim, ele pediu demissão do seu emprego, para viver a certeza da sua vida. Decidiu abraçar o Central Bible College, uma escola de revolucionários aonde aprenderia ainda mais sobre Deus, sobre a graça, sobre a bíblia e sobre ele mesmo... Aonde também estudou e treinou futebol americano (seu deseja era se tornar profissional). A história toda, aconteceu na Colônia Witmarsum (o melhor lugar da terra). O meninão foi sem barba, de carona comigo, pois eu estava usando o Kadett dele na época, por estar sem carro… E assim a vida foi acontecendo de uma forma incrível, sem nenhuma linguagem, se nenhum tipo de planejamento e sem ele nem imaginar o que Deus estava preparando para aquele ano, naquele lugar, com aquelas pessoas.

E como eu acompanhei essa transição toda da vida do chapa, filmei boa parte. Desde o último dia de trabalho dele no banco, até o primeiro dia de aula dele no Central Bible College, eu estava lá documentando tudo. Nossa ideia era produzir um filme sobre a vida dele e com isso, fomos produzindo alguns dele contando sobre a caminhando lá dentro e também pedindo doações em dinheiro, para que o curso no CBC, pudesse ser pago de forma integral. Fui documentando tudo e mais um pouco… De Kadett 94 pra cima de pra baixo, uma 6D na mão, gravando a vida dele lá dentro e também todos os alunos, perguntando algumas coisas pois a ideia também era montar um mini documentário do CBC, coisa que não aconteceu. hahahaha

Infelicidades acontecem né? E mesmo o mini documentário sobre o CBC não acontecendo, nem o filme da vida do Anderson acontecendo (hahahah)… O que realmente aconteceu, foi que esses dois se conhecerem. Priscila Maia e Anderson Goossen, se conheceram e em menos de um ano, se casaram. E é por isso que eu gosto da vida. Pois eu estava lá, despretensiosamente, filmando tudo, estando presente (quase que todo o ano), filmando cada detalhe (ou quase cada detalhe, né Anderson). E nessa que eu te digo: Mesmo que você não saiba o que esta fazendo, continue... Todas as coisas são espirituais!

Priscila no seu primeiro dia de aula, me disse que não tinha muitas expectativas, só esperar ser surpreendida mesmo…

Será que esse é o segredo da vida? Deixar a linguagem de lado, deixar as programações, todas as expectativas, todos os planos, sonhos, desejos… Deixar a vida ser levada e viver a vida, como ela tem que ser. Será esse o segredo?

Qual é o segredo, eu não sei. Só sei que não somente a Priscila, mas todos nós fomos surpreendidos. #chupamundo!

Abaixo alguns print’s do vídeo e da timeline de edição.
Uma curiosidade legal sobre este filme: Ele foi filmado 50% com uma iPhone e 50% com outras câmeras.