A EDUCAÇÃO NA AMAZÔNIA | MINI DOCUMENTÁRIO

Sonhos, superação, realização e sucesso; palavras presentes na trajetória de muitos dos nossos 120 mil alunos. Diariamente impactadas por nós, essas histórias tem muito pra nos ensinar e revelam o quão valioso é o nosso trabalho para cada um desses estudantes. Diante de experiências tão ricas, por que não compartilhá-las? Pensando nisso, preparamos um minidocumentário dividido em vídeos para registrar a vida e a rotina de alguns de nossos alunos espalhados pelo Brasil. Através dele, podemos ver a abrangência da nossa educação e entender que sim, nosso trabalho transforma vidas. Começamos pelo polo de Fonte Boa, no Amazonas, onde uma comunidade de ribeirinhos do Rio Amazonas, mesmo em meio a dificuldades logísticas, restrição de energia elétrica e internet, luta pelo conhecimento com a esperança de um futuro melhor.

Texto: Danieli Crevelaro

Produção: Ricardo Franzen
Roteiro: Danieli Crevelaro
Direção Geral: Tiago Stachon
Edição: Ricardo Franzen
Imagens: Rodrigo Kugnharski, Ricardo Franzen
Finalização e Cor: Ricardo Franzen



A Educação na Amazônia, é a primeira pílula de um documentário que estamos produzindo sobre a educação a distância. E no decorrer de todo esse tempo produzindo esse material riquíssimo, descobri que a educação chega até mesmo aonde não existe saneamento básico, aonde não existem nada… A educação está lá e ela é acessível as pessoas, seja você rico ou pobre, com necessidades financeiras ou não. A educação está lá te esperando. O próprio governo que tanto falamos mal, tem inúmeros programas para que você estude em qualquer faculdade, faça qualquer curso… E tudo isso, de graça. As vezes você vai ter que fazer uma prova, ou até mesmo comprovar sua renda e outras coisas, para que possa fazer desses programas. E nada é difícil de conseguir, nada é de difícil acesso…

Na Amazônia, vi de tudo. Mas o que mais vi, foram pessoas fortes e com tesão pela vida. Com vontade de serem melhores a cada dia. Pessoas com sonhos reais, sonhos que vão mudar toda uma comunidade, sonhos que vão transformar toda aquele riqueza em algo muito mais valioso. Conheci pessoas que se importam com o próximo, pessoas que saíram de suas casas (dentro da cidade), e se juntaram as comunidades, aos ribeirinhos que estão nas margens do Rio Solimões, Rio Amazonas e tantos outros rios pela Amazônia... Pessoas que dão suas vidas, para ensinar e educar a próxima geração. Isso é foda pra caralho.

A AMAZÔNIA É INCRÍVEL.
A AMAZÔNIA ME INSPIRA.

Maior, é aquele que Serve | Karl Dietz

Pode até parecer simples, mas foi um grande desafio produzir essa história. Não havia muito tempo, não havia uma estrutura gigantesca e o orçamento era bem apertado… Tudo exatamente do jeito que a gente gosta. Sendo assim, peguei a boa e velha amiga, Canon 6D, uma lente de kit e pau filmar… Em menos de 20 dias produzimos essa história. Correria mostra que me fez entender como pode ser ‘simples e fácil’ contar uma historio real… Sem a necessidade de inventar algo ou investir em equipamentos e tudo mais. Uma história real, será sempre uma história real. Independente se você fez um stories de 15 segundos, ou um documentário de 16 minutos.

Topei o desafio de produzir essa história, pois estou produzindo apenas aquilo em que eu realmente acredito… E como o Karl e sua família foram pessoas que transformaram a minha vida e a vida da minha família, me dispus de coração aberto e com todo o tesão do mundo, para contar essa história… E mesmo tendo ouvido falar dela por muitos anos, nunca havia pensando que era realmente desta forma, nunca consegui ‘materializa-la’ em minha mente, como consegui fazer com este documentário.

O documentário é simples, mas é verdadeiro. Se tiver tempo, assista. Obrigado!

A vida de Karl Dietz, se resume em servir o próximo. Desde muito cedo, Karl, juntamente ao seus seus pais e seus 6 irmãos mais velhos, serviram todos os tipos de pessoas, desde mendigos, moradores de rua, bebados, drogados, prostitutas... Pessoas que moraram na casa da Família Dietz (Chácara Bom Pastor), durante muitos anos. Comiam na mesma mesa e muitos dormiam no mesmo quarto de Karl e de suas irmãs e irmãos. Hoje, Karl Dietz continua servindo as pessoas, só que desta vez escolheu uma forma mais inteligente para servir seu próximo…

Raquel e Andreas - Um Propósito Maior

Minha maior alegria em produzir 'filmes casamenteiros', é em poder sempre me apaixonar pelos casais, pelas suas convicções e por toda história que eles juntos, estão escrevendo nesse mundão ai. - Raquel e Andreas, depois de muitos anos se gostando e até namorando e ao mesmo tempo longe um do outro... Entenderam da parte de Deus que existe apenas um só propósito e este propósito, é muito maior que o propósito de um união, ou de simples casamento. E por este motivo decidiram ficar juntos para sempre, se casar e seguir com os planos de Deus para a vida deles. - Se eu chorei? Com toda história e principalmente com o votos. Que votos, uau.

Separe 20 minutos do seu tempo e assista nosso mini documentário sobre a história de Raquel e Andreas. 🖤

Direção: Ricardo Franzen
Filmagem: Samuel Cipili + Franzen
Captação de Audio: Lucas Carvalho
Edição, Finalização e Cor: Ricardo Franzen

A História de Isabel Braun & Thobias Dyck

Provavelmente se fosse hoje, a gente não teria ousado tanto assim. Mas graças a Deus, nós ousamos. E assim oferecemos ao casal, a produção de um filme, ou melhor dizendo... Um Documentário, não somente sobre o casamento deles. Queriamos algo maior que apenas um video bonito de casamento, queríamos contar a história dessas pessoas maravilhosas que estão unindo seus propósitos para caminhar e realiz todos os maiores e mais loucos sonhos, juntos. Para sempre. - Confesso pra você, que nunca quis ver um video/filme da noiva sendo maquiada durante um casamento, eu queria ver quais eram os motivos para ela chegar até o onde chegou. Afinal de contas, nem todo mundo que assiste o video, ou até mesmo participa do casamento, conheça a fundo a historia dos noivos, ou o porque ela decidiu se casar desta forma, com esse homem, com este vestido, neste local e todos os outros detalhes...

E odiando cada vez mais a forma como os videos de casamento eram apresentados ao mundo, decidi junto a um amigo, começar a pesquisar e saber mais sobre a vida de cada casal. Não apenas como seriam as entradas, quem levaria a aliança ou em qual carro a noiva iria até a igreja.

Fui no ponto principal da união deles. 
Ninguém no mundo, ta junto por causa de uma cerimônia de casamento, nem por aquilo que o pastor falou, nem nada disso... Estão juntos pois partilham de algo em comum que faz o desejo um pelo outro ser cada dia mais intenso, que da tesão só de olhar para o cônjuge, que da vontade de sair correndo pelo mundo, sem olhar pra trás, sem se importar com nada, apenas com a pessoa que mais ama. É muito maior que uma cerimônia, maior que um dia, maior que um vestido e um terno caro. Muito maior do que palavras... É uma decisão, ou melhor, duas decisões e duas histórias se transformando em uma história só, em uma só vida que viverá em abundância.

Passamos cerca de um ano filmando, perguntando, entrevistando, indo ver vestido e todos os outros detalhes com a noiva, fotografando ensaios, vendo e admirando a produção dos convites do casamento que foram feitos pelo pai e pelo irmão da noiva. A gente encheu tanto o saco dos noivos pra saber tudo o que iria acontecer e como tudo chegou até ali, que comecei a ser parte da vida deles a ponto deles hoje, serem nossos grandes amigos que desejamos sempre ter por perto. Fazem parte da minha (pense no Torreto levantando uma corona e falando): Family. 🖤 

Depois de mais de 500gb de informações... Desde arquivos pessoais e nossas próprias produções, chegamos aos 40 fucking minutos desse documentário, que conta 50% da historia da Isabel Braun e do Thobias Dyck. - Quem sabe no futuro a gente não produza mais um, agora da família, dos filhos e do legado que eles deixaram no mundo. - Feliz, realizado e grato, muito grato, por ter conseguido construir um material tão simples e tão rico como este. Obrigado Isabel, obrigado Thobias, obrigado famílias, obrigado amigos... Obrigado. 

Direção: Ricardo Franzen
Filmagem: Patrick + Sabrina + Lucas + Franzen
Edição: Lucas Carvalho
Fotografia: Ricardo Franzen
Colorização: Ricardo Franzen

Direção de Fotografia + Colorização | EBANX

Trabalhei com o EBANX durante exatos 12 meses. Neste tempo, produzir cerca de 100 videos, sendo eles... Vidos de festas, video-aulas, manifestos, institucionais, um documentário e muitos outros para muitas outras campanhas. Provavelmente o trampo mais loucuragem (em questão tempo), da minha vida. Milhões de horas extras, muita pizza, café e redbull pra aguentar o tranco. Perdi a conta de quantas vezes rodei a noite naquela empresa. Foi louco. 

Sou grato ao EBANX por todo esse tempo que estive junto a eles e ainda mais grato por tudo que aprendi e claro, por todo legado que deixei la dentro. A Área de audio visual não existia até eu e o Lucas Carvalho entrarmos lá. Lucas continua na empresa e eu com novos projetos, pensamentos e ambições parti para outros rumos.

Neste filme, produzi 90% das imagens.
As que eu não produzi, fui diretor de fotografia. Além da produção das imagens, toda a colorização do video foi feita por mim. 

Direção: André Boaventura
Edição e Finalização: Lucas Carvalho
Música e Masterização: Leonardo Cardoso (Leo Cardoso)
Animação: Guilherme Siebert (Kingdom Media)
Direção de Fotografia: Ricardo Franzen
Filmagem: Ricardo Franzen
Colorização: Ricardo Franzen

LIFE REEL 2K17

Gosto de lembrar da minha infância. 

Minha familia sempre teve camera filmadora (era do tamanho de um fusca e custava mais caro que um). A maioria dos filmes que existiam naquelas fitas VHS, eram de cultos da igreja do meu avô, batizados e coisas do gênero... Mas como a casa sempre estava cheia de fitas, me lembro bem que uma grande porção delas, era referente aos nossos natais, roles de skate com o primos mais velhos e inúmeros outros momentos maravilhosos em família.

O mais legal, é que quando você estava assistindo uma fita com o nome 'NATAL FAMÍLIA FRANZEN 96', sempre existia no meio daquela festa toda, umas imagens nada haver, que cortavam do nada, aquela tela colorida, um chiado e tava la mais um culto de domingo no meio da fita da familia (hahaha). Super normal, alguém gravou por cima, fazia parte da vida... As fitas acabavam e alguém usava um outra qualquer que estava la por cima, ainda sem nome. kkkkk

Quando joguei todos essas muitas filmagens na linha do tempo. Eu não tinha ideia de como poderia ficar, qual seria o formato... Foi então que lembrei dessas fitas antigas que existiam na casa dos meus avôs. Cheias de filmagens caseiras, outras um pouco profissionais, mas todas com muita verdade, com referencia total a vida que vivemos. Com essa essência, simplicidade e verdade tudo aconteceu. 

Acredito que 2k18, será um com produções da mesma relevância. Tudo feito com muita simplicidade e verdade.
Talvez os videos sejam bem mais sujos e escuros que o normal... Mas isso faz parte da nossa nova forma de pregar...

WS CAMINHAR - Crazy Little Thing

No inicio de 2017 fui convidados a produzir um mini documentário sobre a última edição do Workshop Caminhar - Crazy Little Thing. 

Se um lugar aonde você vai aprender sobre o que você quer aprender, este lugar se chamar workshop. Foram os três melhores fucking dias da minha vida, confesso. Foi difícil só produzir o video, eu queria assistir todas as aulas, queria participar como um aluno e mesmo na produção do mini doc, consegui aprender da melhor forma possível. 

O mini documentário fala por si só e por este motivo, não quero ficar me estendendo aqui para tentar explica-lo. 
Assista: 

Direção: Ricardo Franzen
Fotografia e Filmagem: Ricardo Franzen
Audio e Filmagem (2a câmera): Lucas Carvalho
Edição, Colorização e Finalização: Ricardo Franzen

O QUE VOCÊ ESPERA? | DOCUMENTÁRIO

Iniciamos a produção deste documentário em Outubro/2016 e só em Março/2017 conseguimos finalizar. Pensamos em vários modelos para a finalização deste documentário, quase desistimos... Até que chegamos neste resultado. 

Acredito que todas as pessoas já ouviram a música Sábado a Noite do Lulu Santos, aonde ele canta: - 'Todo mundo espera alguma coisa de sábado à noite. Inspirados nesta música e talvez até neste mesmo jeito de pensar... Ficamos por uns 2 anos, talvez mais, com essa ideia na cabeça.

Todo mundo espera alguma coisa.

Durante todo este tempo de amadurecimento da ideia, perguntamos a alguns amigos, clientes e pessoa conhecidas... O que elas esperavam da vida e o que elas esperavam delas mesmas. Tivemos respostas assustadoras, incríveis e muitas respostas muito vagas de pessoas que realmente não esperam nada com nada, nada de nada, nem de si mesmas. Pessoas que perderam a esperança de buscar algo maior, melhor para suas vidas e para o próximo. Pessoas que não querem mais esperar por nada, pois sabem que não vale a pena esperar.

Depois de muitas respostas vagas, ficamos ainda mais inspirados para iniciar este documentário. Fomos as ruas e dividimos as filmagens em duas partes. A primeira parte aconteceu em lugares aonde as pessoas realmente precisam esperam (aeroporto e rodoviária). A segunda parte aconteceu nas ruas, no meio do fervo de uma cidade grande, aonde as pessoas 'não estão esperando por nada', geralmente estão atrasadas, ou simplesmente não querem falar com vocês pois você é vigésima pessoa que abordou ela para falar, perguntar ou vender algo.

Nossa maior ideia era produzir um impacto gigantesco nas pessoas que fizeram parte do documentário. Um impacto tão grande, que depois que ela nos respondesse o que ela realmente espera, ela virasse para ela mesma e pensasse... 'Mas é isso mesmo o que eu espero?'

Abordamos as pessoas com a ideia de que todas as pessoas esperam por coisas boas, dias melhores, dinheiro... Mas, existe algo que só você espera. Existe algo que ninguém mais espera, mas você espera. - E assim obtivemos nossas respostas.

Não existe nenhuma manipulação nas respostas. Tudo o que se encontra no documentário, é exatamente o que cada pessoa nos respondeu.

Assista ao documentário.

Gostaria de agradecer imensamente a Priscila Nightingale, Carolina Raulino e ao Lucas Carvalho por serem parte total na idealização e produção deste documentário. Sem vocês nada seria como é, e provavelmente este documentário não existiria. Gratidão pela vida e pelo tempo de vocês. Vocês são incríveis.

Grato também aos amigos que participaram do documentário: Virginia Bastos, Julio Garcia, Brenda Emanuelle, Isis Carvalho, Paulo Silva, Lafaeite do Vale e Jesse Liberato.

Gratidão.

INTO THE SKIN - TATTOO

Tatuar é expor ao mundo sua arte, sua criatividade, sua critica, seu ódio e seu amor. 


Nos dias de hoje a cultura popular tem feito de tudo o que pode para nos tirar de nossas próprias identidade. A sociedade hoje, faz hora extra para nos derrubar. Então eu te peço para que dê às suas tatuagens o melhor. Pois em tempos como estes, marcar nossa pele talvez seja uma das coisas mais corajosas que possamos fazer.

Tatuadora: Gabriele Pereira
Tatuado: Lucas Carvalho
Um filme de Ricardo Franzen

CLAMORE - SOLEDADE

Videoclipe realizado no inicio de 2016 junto a um mini documentário sobre pessoas que sofreram e sofrem abusos e preconceitos diários, simplesmente por serem quem são.

Captura realizada toda em Preto e Branco.

Direção: Ricardo Franzen
Filmagem: Patrick Miyaoka e Ricardo Franzen
Edição: Lucas Carvalho
MakingOf: Daniel Andraski

Abaixo, fotos feitas por Daniel Andraski, vulgo Jamelão, de como a produção aconteceu.

Salmos 143 - Curta Metragem

Meu sonho sempre foi gerar conteúdo que mude vidas. 

Então, um dia abri a Bilha em Salmos 143 e lendo este capitulo imaginei um filme, uma narrativa... Liguei para alguns amigos, contei a ideia e todos foram lá pra casa pra gente produzir juntos. Foi o primeiro, não sabíamos muita coisa... O resultado é este ai. ♥ 

Filme baseado em Salmos 143.

direção: Espírito Santo
atuação e narração: Sabrina Milena
assistência: David Braun + Lucas Barros

projeto e execução: Ricardo Franzen

Como o Mundo Te Vê? - Documentário

Milhares de pessoas rodando todos os dias. Você já parou e tentou imaginar qual é a imagem que elas tem de você? Qual sua influência como Cristão no mundo? Será mesmo que as coisas lá fora estão tão boas como nos cultos que você frequenta todo final de semana?


A ideia do documentário surgiu em uma reunião de amigos incomodados com os crente soberbos que existem dentro das igrejas. - Crentes cheios de si, donos da verdade... Incomodados com isto e com estas pessoas, resolvemos perguntar a nós mesmo quem nós somos e como nós somos vistos? Ficamos 'sem respostas' e decidimos ir para rua perguntar a todas as pessoas que encontrássemos o que elas pesam de nós, como elas nos vêem, como eles vêem a igreja e como elas vêem Jesus. 

Produzimos o documentário em uma semana corrida. E a cada dia que saímos para gravar ficávamos chocados com as respostas que ouvíamos. Além das respostas que existem no vídeo, conversamos com muitas pessoas por horas. Foi transformador. 

Hoje (2016), o documentário já passa de 2 milhões de visualizações. 
Infelizmente, porém felizmente, nós não colocamos crédito no vídeo, nem ficamos bravos com suas 'republicações' em diversos canais, como no youtube, facebook e afins. Quando produzimos este mini documentário, tínhamos a certeza que ele alcançaria milhões de pessoas. E ele alcançou. \õ/

Creio que além de alcançar essas milhões de pessoas, nós mudamos a vida, o pensamento e o entendimento de todas as pessoas alcançadas. Sou grato a Deus e a todos os amigos que fizeram e fazem parte disso tudo. 

Projeto e Execução: Ricardo Franzen