O QUE VOCÊ ESPERA? | DOCUMENTÁRIO

Iniciamos a produção deste documentário em Outubro/2016 e só em Março/2017 conseguimos finalizar. Pensamos em vários modelos para a finalização deste documentário, quase desistimos... Até que chegamos neste resultado. 

Acredito que todas as pessoas já ouviram a música Sábado a Noite do Lulu Santos, aonde ele canta: - 'Todo mundo espera alguma coisa de sábado à noite. Inspirados nesta música e talvez até neste mesmo jeito de pensar... Ficamos por uns 2 anos, talvez mais, com essa ideia na cabeça.

Todo mundo espera alguma coisa.

Durante todo este tempo de amadurecimento da ideia, perguntamos a alguns amigos, clientes e pessoa conhecidas... O que elas esperavam da vida e o que elas esperavam delas mesmas. Tivemos respostas assustadoras, incríveis e muitas respostas muito vagas de pessoas que realmente não esperam nada com nada, nada de nada, nem de si mesmas. Pessoas que perderam a esperança de buscar algo maior, melhor para suas vidas e para o próximo. Pessoas que não querem mais esperar por nada, pois sabem que não vale a pena esperar.

Depois de muitas respostas vagas, ficamos ainda mais inspirados para iniciar este documentário. Fomos as ruas e dividimos as filmagens em duas partes. A primeira parte aconteceu em lugares aonde as pessoas realmente precisam esperam (aeroporto e rodoviária). A segunda parte aconteceu nas ruas, no meio do fervo de uma cidade grande, aonde as pessoas 'não estão esperando por nada', geralmente estão atrasadas, ou simplesmente não querem falar com vocês pois você é vigésima pessoa que abordou ela para falar, perguntar ou vender algo.

Nossa maior ideia era produzir um impacto gigantesco nas pessoas que fizeram parte do documentário. Um impacto tão grande, que depois que ela nos respondesse o que ela realmente espera, ela virasse para ela mesma e pensasse... 'Mas é isso mesmo o que eu espero?'

Abordamos as pessoas com a ideia de que todas as pessoas esperam por coisas boas, dias melhores, dinheiro... Mas, existe algo que só você espera. Existe algo que ninguém mais espera, mas você espera. - E assim obtivemos nossas respostas.

Não existe nenhuma manipulação nas respostas. Tudo o que se encontra no documentário, é exatamente o que cada pessoa nos respondeu.

Assista ao documentário.

Gostaria de agradecer imensamente a Priscila Nightingale, Carolina Raulino e ao Lucas Carvalho por serem parte total na idealização e produção deste documentário. Sem vocês nada seria como é, e provavelmente este documentário não existiria. Gratidão pela vida e pelo tempo de vocês. Vocês são incríveis.

Grato também aos amigos que participaram do documentário: Virginia Bastos, Julio Garcia, Brenda Emanuelle, Isis Carvalho, Paulo Silva, Lafaeite do Vale e Jesse Liberato.

Gratidão.

INTO THE SKIN - TATTOO

Tatuar é expor ao mundo sua arte, sua criatividade, sua critica, seu ódio e seu amor. 


Nos dias de hoje a cultura popular tem feito de tudo o que pode para nos tirar de nossas próprias identidade. A sociedade hoje, faz hora extra para nos derrubar. Então eu te peço para que dê às suas tatuagens o melhor. Pois em tempos como estes, marcar nossa pele talvez seja uma das coisas mais corajosas que possamos fazer.

Tatuadora: Gabriele Pereira
Tatuado: Lucas Carvalho
Um filme de Ricardo Franzen

Salmos 143 - Curta Metragem

Meu sonho sempre foi gerar conteúdo que mude vidas. 

Então, um dia abri a Bilha em Salmos 143 e lendo este capitulo imaginei um filme, uma narrativa... Liguei para alguns amigos, contei a ideia e todos foram lá pra casa pra gente produzir juntos. Foi o primeiro, não sabíamos muita coisa... O resultado é este ai. ♥ 

Filme baseado em Salmos 143.

direção: Espírito Santo
atuação e narração: Sabrina Milena
assistência: David Braun + Lucas Barros

projeto e execução: Ricardo Franzen

Como o Mundo Te Vê? - Documentário

Milhares de pessoas rodando todos os dias. Você já parou e tentou imaginar qual é a imagem que elas tem de você? Qual sua influência como Cristão no mundo? Será mesmo que as coisas lá fora estão tão boas como nos cultos que você frequenta todo final de semana?


A ideia do documentário surgiu em uma reunião de amigos incomodados com os crente soberbos que existem dentro das igrejas. - Crentes cheios de si, donos da verdade... Incomodados com isto e com estas pessoas, resolvemos perguntar a nós mesmo quem nós somos e como nós somos vistos? Ficamos 'sem respostas' e decidimos ir para rua perguntar a todas as pessoas que encontrássemos o que elas pesam de nós, como elas nos vêem, como eles vêem a igreja e como elas vêem Jesus. 

Produzimos o documentário em uma semana corrida. E a cada dia que saímos para gravar ficávamos chocados com as respostas que ouvíamos. Além das respostas que existem no vídeo, conversamos com muitas pessoas por horas. Foi transformador. 

Hoje (2016), o documentário já passa de 2 milhões de visualizações. 
Infelizmente, porém felizmente, nós não colocamos crédito no vídeo, nem ficamos bravos com suas 'republicações' em diversos canais, como no youtube, facebook e afins. Quando produzimos este mini documentário, tínhamos a certeza que ele alcançaria milhões de pessoas. E ele alcançou. \õ/

Creio que além de alcançar essas milhões de pessoas, nós mudamos a vida, o pensamento e o entendimento de todas as pessoas alcançadas. Sou grato a Deus e a todos os amigos que fizeram e fazem parte disso tudo. 

Projeto e Execução: Ricardo Franzen