A MARI DISSE SIM

A história e o ensaio de hoje são um pouco diferentes. 

Darlan e Mari vieram passar alguns dias de suas férias aqui em Curitiba. Mari nem imaginava, mas eu e o Darlan estávamos a tempo trocando e-mails para planejar este dia lindo em Curitiba. - A primeira ideia era uma viagem para Londres, como eles já fizeram antes... Porém, desta vez eles escolheram uma cidade muito mais bonita. A minha maravilhosa Curitiba. ♥ 

Darlan me mandou e-mail com a ideia de um ensaio estilo 'paparazzi'. 
- A gente ficava lá longe fotografando eles, enquanto eles curtiam Curitiba. Tudo sem a Mari saber.

Eu só trabalho com lente fixa e pra ser mais exato, só trabalho com a 35mm. HAHAHHA
- Então, não tinha como dar uma de paparazzi. Só se eu aluga-se uma lente 350mm fixa, né?! 

Porque tudo isso? 
Darlan planejou tudo sem a Mari saber. Comprou as passagens. Reservou hotel. Reservou fotógrafo (hehe)... Só pra curtir as férias da Mari aqui em Curitiba. Porém, a ideia não era só curtir as férias. A ideia principal era pedir a Mari em casamento. ♥ 

Pra vocês terem uma ideia, a Mari só ficou sabendo que iria viajar 3 horas antes do voo. - pausa dramática - risos -
- Sim, ela surtou. 

Depois do surto, tudo ficou 'ok' e eles embarcaram no avião e fizeram uma viagem linda de BH -> CWB. 
Chegaram em Curitiba, se organizaram, passearam e então no dia seguinte o plano do Darlan começou a acontecer. 

Sabendo que a ideia do paparazzi não ia dar certo. Eu tive a ideia de me passar por um guia turístico com um projeto de fotografar casais, pois os casais vem visitar a cidade e só tem 'selfie' pra levar pra casa. Com uma cidade tão linda como essa, nada melhor que um fotógrafo particular te fotografando nos pontos mais lindos da cidade e claro, te apresentando a cidade. Vai dizer, ideia genial né?! HAHAHA

E foi exatamente isso que aconteceu. 
- Eles chegaram no Botânico (lugar marcado com o Darlan), esperei eles darem um voltinha no parque... Assim eu vi eles fazendo algumas fotos um do outro e então eu os abordei... 

DETALHE IMPORTANTE: Eu tinha que passar a impressão de ser um total desconhecido. Desta forma nunca tinha trocado e-mails com o Darlan, nunca que aquilo era um ensaio, nem nada. Eu tive que mudar até meu nome pra entrar no personagem guia turístico. HAHAHA - Ou seja, eu e o Darlan eramos desconhecidos, a gente não podia se cumprimentar como se tivesse 'tramado' algo, é claro.

Quando eu os abordei, a Mari ficou com a cara fechada (pensei até que ela fosse Curitibana). Então expliquei todo o 'projeto fake' que eu tinha como guia turístico da cidade e fotógrafo. Conversa vai conversa vem, deu pra ver na cara dela que ela simples amou a ideia. Inclusive falou: - "Conhecer a cidade inteira e ainda ter fotos de graça? É óbvio que sim".

Então iniciamos as fotos. 
Eu não queria (nem podia na verdade), dirigir eles como se fosse um ensaio de casal. Então rolou aquelas fotos possadas mesmo e no final de tudo eu gostei muito do resultado. Com certeza as fotos ficaram bem sinceras e verdadeiras. Ficou bem a cara deles. ♥ 

Saímos do Botânico e a minha ideia era apresentar a cidade, ou melhor, apresentar os pontos turísticos mais conhecidos e mais bonitos da cidade e assim fotografar eles nestes lugares. - Pegamos a linha turismo e seguimos pela cidade parando em diversos pontos (os que eu mais gosto na verdade. hehehehe). ♥ 

Durante todo o percurso eu fui explicando todos os lugares, como eles funcionavam, o que eram e pra que serviam. 
Tenho plena certeza que a Mari acreditou profundamente que eu era um guia turístico de verdade. Há muleque. 

Fomos no Paço da Liberdade e perdemos dois ônibus da linha Turismo de tanto tempo que ficamos por lá... 
Tivemos que ir andando do Paço da Liberdade até o MON - Museu Oscar Niemeyer (Museu do Olho pra quem é do rolê). Fomos andando, pois naquele ponto os ônibus da linha turismo passam por tempo bem restrito (eu não sabia disso). :(

Que mancada do guia turístico, ein?! HAHAHAHA

Mas pra eles tava tudo certo. A gente já tava tudo amigo mesmo. 
Fomos andando e eles não reclamaram de nada. Inclusive foi bem legal, pois conseguimos conversar ainda mais com eles. ♥ 

No caminho ao MON passamos pela parede colorida (não sei o nome dela, pra mim é parede colorida). 
E no MON o sol estava fantástico. ♥ 

De lá corremos para o parque Tanguá. Já estava quase no final do dia. O sol estava quase acabando, mas a gente correu até lá para que o grande SIM, pudesse ser dito lá do alto. ♥ 

Fizemos mais algumas fotinhos posadas mesmo, que são bem lindas sim. E então ele mandou ver. ♥

O Darlan entregou um monóculo pra Mari e dentro do monóculo tinha uma ilustra deles, que a Hello Luiza Illustrations fez com a grande pergunta.
- CASA COMIGO?

Foi INCRIVELMENTE FODA. ♥ 

Depois que tudo aconteceu, depois que ela disse SIM. É claro que a gente fotografou mais um pouquinho, né?! 
Só que desta vez como se fosse um ensaio de noivos mesmo. hehe ♥ 

E não parou por ai. 
O povo de BH, gosta de festa, gosta de catuçai. HAHAHAHAHAHHA
Então, como bons guias turísticos (hahahahha), a gente levou eles comemorar o grande passo que eles deram na vida. ♥ 

A gente sai beber todas! UUUUUUUUUUUUU

Apresentei a eles a Cini Framboesa e até compramos uma pinga loka bem caseira do Tio do Bar lá do Tanguá. 
- Pinga delícia de Maracujá, se você for até lá, COMPRE! 

Brindamos a vida. Comemoramos juntos e foi incrível. ♥ 
Depois a gente foi embora e deixou eles curtirem sozinho o rolê noturno da cidade. 

Mari e Darlan, obrigado por este dia incrivelmente foda. Vocês são sensacionais. Obrigado por compartilharem todo o amor e a loucura de vocês com a gente. Este dia é um daqueles dias cujo qual eu vou pra sempre lembrar e contar pra todo mundo. ♥

E seus loko, tem até vídeo! CHUPA ESSA.

Fotografia: Ricardo Franzen
Filme: Lucas Carvalho

Ilustra: Luiza Alcântara