36 poses e um 400tx pra queimar

Amo a fotografia por muito motivos, mas existe um motivo impar para explicar meu amor por ela que é o prazo de validade de uma foto. Ele simplesmente não existe. As fotos não ficam velhas, não ficam ultrapassadas, não estragam e nunca vão para o lixo. As fotos tem uma 'data de fabricação', mas nunca um prazo de validade. E isso é fucking incrível. 

Esse filme é o meu preferido de toda a vida. Ter na câmera um 400tx é sempre incrível. O preto e branco que ele alcança é algo mágico. E este é meu segundo filme 400tx da vida, o primeiro eu consegui aproveitar umas 7 fotos no máximo (hahaha), todas as outras queimaram. Vou levar ele para digitalizar qualquer dia desses para fazer um 'post novo' aqui no blog. 

Inaugurei este filme logo após meu filho, Mark Franzen, nascer. Como 'tradição' aqui de casa... Todo novo bebê da família, a gente tira uns dias pra ficar na praia. Porque fazemos isso? Sei lá. Só sei que foi um momento muito gostoso e as fotos a seguir representam os primeiros dias de 'baboy' na família Franzen e uns rolês aleatórios com pessoas que tanto gostamos. Ah, tem também umas fotos bem lindas da Emma aqui em casa mesmo. - A gente demora tanto pra gastar as 36 poses de um filme, que acaba esquecendo as fotos incríveis que tinham la dentro. No próximo filme, eu prometo anotar foto por foto e fazer um post ainda mais detalhado da jornada com a fotografia analógica. 

Obs. O mais legal da fotografia com filme, são as fotos fora de foco. A gente é completamente apaixonado por elas. Aproveite!