ACREDITAR

Talvez acreditar em nós mesmos/as, seja uma das coisas mais incríveis que podemos fazer nos dias atuais. Perdemos o amor, perdemos a fé, deixamos de acreditar na vida, nas coisas, nas pessoas, nos lugares, deixamos de viver tudo aquilo que um dia sonhamos… Muitas vezes por alguém, muitas vezes por algo, muitas vezes por muitas coisas diferentes e juntas ao mesmo tempo. Porém, quando realmente acreditamos em nós e acreditamos naquilo que existe dentro de nós, podemos transformar todo peso que carregamos, toda mágoa gerada, todo sentimento ruim, tudo aquilo que nos desanima e nos sobrecarrega em um balão bem grande e bem cheio que vai voar pra caralho e vai estourar lá no meio do nada.

Acreditar, é uma palavra muito forte. Mais forte que ‘eu aceito’, mais forte que ‘eu te amo', mais forte…

E não é simplesmente acreditar, é se doar para aquilo, se entregar, morrer se for preciso… Acreditar, na maioria das vezes é negar a si mesmo. E porque acreditamos tanto no próximo e deixamos de acreditar em nós? Nós somos fodas, somos pessoas incríveis, somos seres humanos falhos e estamos sempre prontos a mudar de ideia, a largar as armas e ceder. Somos tão fodas que hoje chegamos até aqui, matando a porra de um leão por dia e vivendo a vida com muito tesão. E se você não tem feito nada disso, hoje pode ser o seu grande dia, o grande dia para que você possa reconhecer o quão foda você é. E isso, ninguém vai fazer por você, pois é você quem precisa acreditar, mais ninguém precisa.

Quanto mais um amigo te conhece, menos ele acredita em você. Pois ele te conhece tão bem, que sabe o quanto você é falho. Mas só você mesmo sabe, o quanto as suas falhas te fizeram ser tão bom como você é hoje. Você escreve o livre que quer ler, mais ninguém.

Juliana me fez acreditar ainda mais na vida. Me fez entender o que realmente é acreditar em mim mesmo. Me trouxe a clareza de que a vida é mais foda do que parece ser e que ela mesma, é muito mais foda do que alguém um dia já achou, pensou ou teve certeza que era...

Qual foi a última vez em que você acreditou em você?

Acredite, nunca serão apenas ‘fotos bonitas’. Mas sim, uma entrega de você, para você mesma acreditar no quão foda você é.